Técnica FUE: entenda como funciona essa cirurgia capilar

Certamente, a técnica FUE é a melhor opção para realizar o transplante capilar. O método é uma solução definitiva para calvície e traz resultados eficazes para quem busca um procedimento que não seja invasivo.

 

O que é a técnica FUE?

Primeiro é importante entender o que é a técnica, esse nome é uma abreviação do termo Follicular Unit Excision, em português quer dizer Extração das Unidades Foliculares, ou seja, neste tipo de transplante são extraídas unidades foliculares do próprio paciente para inserir nas regiões que a calvície afeta.

Entenda melhor o procedimento:

 

Zonas doadora e receptoras são marcadas

O primeiro passo é fazer uma marcação na cabeça do paciente nas áreas em que serão retiradas as unidades foliculares e também na região que receberá os fios. O médico define quais são as unidades que serão doadas antes da cirurgia.

 

Extração das unidades foliculares

Antes é aplicado uma anestesia na área doadora, após isso é feita a extração dos folículos com um aparelho pequeno de 0.8 a 0.9mm de diâmetro. Feito isso, as unidades são retiradas do couro cabeludo com pinças.

O procedimento deve ser feito com muita delicadeza para não comprometer os fios. Não existe um número adequado para a retirada das unidades foliculares, pois essa quantidade varia em cada paciente.

 

Armazenamento das unidades foliculares

Para manter a vitalidade dos folículos, é necessário armazena-los adequadamente, para que fiquem conservados e hidratados na temperatura correta, afinal, eles estão fora do organismo.

Após isso, os folículos são preparados para o implante, esse processo é feito com o auxílio de um microscópio estereoscópico, para que o trabalho seja feito de forma minuciosa.

 

Implante capilar

Depois de todos esses procedimentos, a área que irá receber as unidades foliculares precisa ser anestesiada e confeccionada para encaixar os folículos. Esses orifícios são super pequenos e feitos com agulhas ou lâminas apropriadas para microcirurgias. A profundidade é de acordo com o comprimento da unidade folicular.

É importante ressaltar que o transplante capilar só é possível, porque a calvície só afeta parte do couro cabeludo e não completamente.

 

E após a cirurgia?

Apesar de ser um procedimento bem delicado, o transplante capilar pela técnica FUE não interfere muito no dia-a-dia do paciente. Mas é importante não fazer atividades de muito esforço ou até mesmo exercícios de alto impacto nos primeiros dois dias após a cirurgia.

De três a quatro meses após o transplante capilar, os novos fios começam a nascer, mas o resultado final é possível ver com cerca de 12 meses depois do procedimento.

A cirurgia requer planejamento e avaliação de um especialista, entre em contato clicando aqui e agende uma consulta!

Alan Wells

Formado na Universidade de São Paulo um dos centros mais modernos e avançados da cirurgia no Brasil e América do Sul. Dr Alan Wells dedica-se inteiramente ao transplante capilar FUE e aplica todo seu conhecimento a aperfeiçoar o implante capilar moderno. Sua exclusiva dedicação leva a um constante aperfeiçoamento na técnica, e a resultados cada vez melhores.

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website